A Ordem Sacerdotal


O Clero Ortodoxo

A Ordem é o Santo Sacramento em que o Divino Espírito Santo concede ao condignamente eleito o poder de celebrar os santos sacramentos e instruir espiritualmente os fiéis da Santa Igreja. O Clero Ortodoxo divide-se em três graus principais , sendo que para transmitir a dignidade de cada um desses graus , é necessária uma Consagração separada efetuada por um ou mais Bispos . A Consagração do Diácono e do Sacerdote é efetuada por um Bispo pela imposição das mãos e pronunciamento de formulas sagradas com invocação do Divino Espírito Santo. Bispo é Consagrado por outros três Bispos, entre os quais um deve ser obrigatoriamente um Arcebispo.
Os graus das Consagrações Sacerdotais são:
Diácono, o grau inferior de Consagração.
Sacerdote, o grau superior de Consagração.
Bispo, o grau supremo de Consagração.

Diácono

O Diácono auxilia nos ofícios religiosos e na celebração dos Santos Sacramentos, sem, todavia ter direito de celebrá-los individualmente.
È, portanto, um auxiliar do sacerdote e do bispo. O diácono recebe a imposição das mãos dos bispos, confirmando sua missão diante da comunidade que serve.
Dentro do diaconato existem graus de dignidade:
Diácono, Protodiácono e Arquidiácono. Temos ainda o Hierodiácono que é um diácono monge (solteiro). O Protodiácono é um titulo honorifico ao diácono casado, e Arquidiácono um titulo honorifico ao diácono solteiro.

Sacerdote

O Sacerdote (presbítero) , celebra todos os Santos Sacramentos , com exceção do Santo Sacramento da Ordem. Ao mesmo tempo, cuida o sacerdote de todos os serviços religiosos.
Todavia, para isto é sempre necessária a aprovação do bispo. Isto demonstra perfeitamente, que o sacerdote e o diácono não são elementos independentes da hierarquia católica ortodoxa, mas sim estritamente ligados ao Bispo ou Arcebispo da Diocese e em completa dependência dos mesmos em assuntos espirituais e administrativos.
O Clero (presbítero) católico ortodoxo esta dividido em dois grupos distintos: Branco que é o clero casado e Negro que é o clero solteiro (monástico) . A opção presbiterial é feita no diaconato com a possibilidade de o mesmo ser casado ou não, uma vez feita a escolha, o religioso não poderá fazer Segunda opção, o sacerdote recebe a imposição das mãos dos bispos, confirmando seu chamado para a missão que foi confiado.
Toda ordenação sacerdotal é realizada durante a celebração litúrgica na presença da comunidade.
Os Sacerdotes podem ainda receber certos títulos honoríficos pelo seu trabalho pastoral, como Protopresbitero, Arquimandrita , Arcipreste , etc.

Bispo

O Bispo celebra todos os sacramentos sem exceção, possuindo, também, o poder de consagrar novos clérigos da Santa Igreja, transmitindo desta forma o poder do Divino Espírito Santo, herdado dos Santos Apóstolos de nosso senhor Jesus cristo. A consagração de um Bispo é presidida por 03 (três) ou 02 (dois) outros, a fim de acentuar o aspecto coligado do Episcopado. O mesmo deve ser solteiro e ter conduta moral ilibada, como também ter um conhecimento intelectual amplo e carisma pastoral para conduzir melhor o rebanho do Senhor.
Nossa Santa Igreja, segundo a tradição, deseja que seus Bispos e Arcebispos e também seus Sacerdotes sejam Celibatários e Consagrados inteiramente a Deuse a Sua Igreja, sendo que a Ordem Sacerdotal pode ser dada a um Diácono casado (Cânon da igreja Bizantina: 18 e 26). Para o Episcopado poderá ser um Sacerdote viúvo, ou casado que tenha firmado com a esposa um vínculo de irmandade, documentado por ambos, e mesmo assim, após fecundo estudo e rigorosa observação de vida geral, sendo que para esses casos, as Sagradas Ordens, poderá ser dada por eles, somente com a presença do Patriarca ou seu preposto. Entretando, para as Consagrações Episcopais, as mesmas somente serão efetivadas pelo Patriarca ou Arcebispo autorizado pelo mesmo.
O Bispo pode chamar-se Eparca ou Arquieparca, quando é um Bispo que governa uma grande Eparquia (Diocese), ou que mereceu principal distinção pelo seu trabalho.
O Arquieparca Geral é o prelado que usufrui categorias superiores aos Eparcas e Arquieparcas de uma região ou país.
Nossa Santa Igreja é governada por um primo inter pares, o Patriarca, o qual é o Presidente do Santo Sínodo. Seu título Eclesiástico é Arcebispo de Hebron, Metropolita Primaz, Hierarca Supremo, Patriarca no Exterior da Igreja Ortodoxa Bielorussa Eslava no Estrangeiro e de seu Patriarcado.


Dever de todos

Os postulantes, paraeclesiarcos, Hipodiaconos, Diáconos, devem auxiliar pela ordem, limpeza e asseio da Igreja, para a maior gloria e beleza dos ofícios religiosos e para a maior gloria de Deus na terra.